News

Aço inox e o setor agro: veja a importância desta relação

Blog 20.09.2021

Um dos setores que têm mobilizado as operações do Grupo Açotubo é o agronegócio. Apesar da pandemia ter impactado diversas áreas da economia, este mercado continua aquecido e o ritmo de produção, aliado à necessidade de atender as demandas de consumo e exportação, tem alavancado o uso de tecnologia, equipamentos e materiais de qualidade em todos os processos; do plantio às colheitas de safras e processamento de alimentos. 

No caso dos materiais, o aço inoxidável se destaca na composição de peças que compõem os maquinários empregados no campo por durabilidade, características sanitárias, como facilidade de limpeza e antiaderência, capacidade de evitar reações químicas no contato com os alimentos, por ser um material não reagente, entre outras.

Gerente de Filial do Grupo Açotubo, Willians Cintra destaca três tipos de inox usados no setor agro: os AISI 304, 316L e 410. Pelas propriedades de alta resistência, os dois primeiros, são muito eficientes em atividades que envolvem produtos químicos que possam causar desgastes. Nesse sentido, os equipamentos feitos com o material possuem maior vida útil em comparação com outros, vantagem considerável no campo.   

Já o AISI 410 é ideal para processos de constante abrasão (desgaste causado por fricção e raspagem), além das condições anticorrosiva e antioxidante, comum dos inoxidáveis.  “Por aguentar mais impactos físicos e químicos, esse aço está tomando conta do mercado sucroenergético, além de ser muito usado na fabricação de caçambas”, explica Cintra.  

No setor agro, o aço inox também é utilizado em operações de processamento de alimentos em diferentes níveis de temperatura e graus de acidez e alcalinidade. 

Continue acompanhando os conteúdos e conhecendo mais sobre os produtos e mercados com atuação do Grupo Açotubo, neste espaço e nas nossas redes sociais