News

Fenasucro 2018

Mídia 08.08.2018

De olho no setor sucroenergético, Açotubo participa da Fenasucro 2018

Empresa apresentará nova linha de materiais e soluções de negócios em sintonia com a recente e crescente demanda por aço inox na agricultura e pecuária

São Paulo, agosto de 2018 – De 21 a 24 de agosto, o Grupo Açotubo, maior distribuidor de produtos siderúrgicos da América Latina, participará da 26ª Fenasucro e Agrocana (Feira Internacional de Tecnologia Sucroenergética), em Sertãozinho, interior de SP. Nesta edição, a grande novidade será o lançamento da nova linha de barra de aço inox, que tem forte aplicação no setor sucroenergético.

Como o evento reúne toda a cadeia que atua na produção de bioenergia (açúcar, etanol e energia limpa) para apresentar inovações tecnológicas e sustentáveis e a empresa quer alavancar negócios na agricultura e pecuária, faz todo sentido para a Açotubo participar como expositora. “O lançamento da nova linha de barra de aço inox somada aos R$ 8,5 milhões de investimento de maquinários e equipamentos do conjunto de soluções, mostra o caráter visionário, flexível e empreendedor da empresa em buscar novos desafios e horizontes”, explica Bruno Bassi, gerente executivo da companhia.

De acordo com a Abinox (Associação Brasileira do Aço Inoxidável), no segmento de agronegócio, o aço inox tem uma presença recente na agricultura, mas com grande potencial de aplicação e oportunidades de negócios na indústria de distribuidores de sementes, fertilizantes e defensivos, carretas agrícolas e outros equipamentos para o cultivo de milho, trigo, soja, feijão e algodão. Até na pecuária de corte ou de leite, nas granjas e produtoras de frango é possível encontrar a presença do metal.

Neste cenário de oportunidades, a expectativa é a expansão do relacionamento com atuais e novos clientes visando negócios no período de entressafra, principalmente no setor usineiro, cadeia produtiva da cana e seus derivados. “Além da nova linha, vamos apresentar o vasto portfólio, nossos planos de financiamento e o suporte de qualidade através do nosso laboratório”, complementa Bassi.